Destaques

09/10/2019

Alguns grupos de trabalhadores correm mais riscos do que outros quando expostos a substâncias perigosas. Isto pode acontecer porque estes trabalhadores são inexperientes, não informados ou fisicamente mais vulneráveis. Outras razões incluem a mudanças de emprego frequentes, ou o trabalho em setores em que o conhecimento deste problema é baixo, ou uma sensibilidade fisiológica superior ou diferente.

07/10/2019

A comunicação eficaz com os seus públicos-alvo é essencial para as atividades de sensibilização da EU-OSHA. Uma abordagem pioneira à utilização da Internet e das redes sociais permitiu à EU-OSHA desenvolver e divulgar instrumentos inovadores e alcançar a comunidade de SST de forma eficaz.

Leia o nosso novo artigo para saber mais sobre a forma como a EU-OSHA desenvolveu a sua presença em linha.

03/10/2019

Nos dias 12 e 13 de novembro, em Bilbau, a EU-OSHA e os seus parceiros e apoiantes mais ativos celebram o encerramento bem sucedido da Campanha «Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis: gerir as Substâncias Perigosas» 2018-2019.

Trata-se da última oportunidade da campanha para os especialistas e os decisores políticos partilharem experiências e destacarem boas práticas na promoção da prevenção da exposição e a gestão segura de substâncias perigosas no trabalho.

30/09/2019

Em 21 de outubro, a EU-OSHA, juntamente com os seus parceiros, põe em marcha a Semana Europeia da Segurança e da Saúde no Trabalho a fim de incentivar a gestão participativa e ativa da segurança em matéria de substâncias perigosas.

Marco importante da atual Campanha «Locais de trabalho seguros e saudáveis», a semana inspira centenas de eventos em toda a Europa, tais como projeções de filmes, eventos nas redes sociais, conferências, exposições, concursos e sessões de formação.

17/09/2019

São premiadas seis organizações sendo outras quatro dignas de menção na 14.ª edição dos Prémios de Boas Práticas «Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis» da EU-OSHA.

O concurso 2018-19 destaca boas práticas de gestão de substâncias perigosas e reconhece organizações que adotam uma abordagem proativa e participativa para avaliar os riscos e implementar soluções.

Pages

Pages