You are here

Riscos emergentes

Um dos principais objetivos da EU-OSHA consiste em identificar e fornecer dados credíveis e de alta qualidade sobre os riscos para a segurança e a saúde no trabalho (SST) novos e emergentes que satisfaçam as necessidades dos decisores políticos e dos investigadores e lhes permitam tomar medidas atempadas e eficazes.

Para isso, o Observatório Europeu dos Riscos da EU-OSHA recolhe e analisa dados, a partir de investigação e consultas de peritos, sobre as tendências e os fatores subjacentes com impacto nos locais de trabalho e na saúde e segurança dos trabalhadores. Elabora documentos de debate, relatórios, resumos e apresentações dirigidos aos decisores políticos, aos parceiros sociais, aos investigadores e aos intermediários dos locais de trabalho a nível da UE e a nível nacional, transmitindo-lhes as informações e as ferramentas de que precisam para enfrentarem, de forma eficaz, os desafios novos e emergentes.

O seu objetivo final consiste em sensibilizar para o modo como todos os tipos de mudanças – tecnológicas, sociais, políticas e económicas – podem afetar a saúde e a segurança dos trabalhadores da Europa, bem como em encorajar a prevenção precoce de futuros desafios em matéria de SST, para garantir locais de trabalho saudáveis e seguros no futuro.

Identificação dos riscos emergentes

Prospeção

A EU-OSHA tem vindo a organizar uma série de projetos prospetivos que visam avaliar os possíveis efeitos das novas tecnologias, das novas formas de trabalho e das mudanças sociais na saúde e na segurança dos trabalhadores. Estes projetos visam, não só identificar os novos riscos à medida que vão surgindo, mas também prever as mudanças suscetíveis de terem impacto na saúde e na segurança no local de trabalho.

Os projetos prospetivos da EU-OSHA baseiam-se em diversos métodos, incluindo revisões da literatura, consultas de peritos e desenvolvimento de cenários. A EU-OSHA organiza seminários para reunir conhecimentos, ajudar a promover os resultados e estimular o debate.

Este programa de trabalho visa contribuir para a elaboração de políticas e ajudar a definir as prioridades de ação e de investigação. Os estudos de prospeção podem ter um importante impacto nas políticas, por exemplo ao ajudar os decisores políticos a chegarem a soluções inovadoras, além de promoverem uma abordagem estratégica a longo prazo.

Alguns temas já abrangidos pela série de artigos incluem o emprego verde e as TIC/digitalização.

Documentos de debate de peritos

A EU-OSHA publica artigos de peritos com o objetivo de provocar o debate sobre o futuro do trabalho e sobre questões emergentes relacionadas com a segurança e a saúde no local de trabalho entre peritos em SST e decisores políticos de toda a UE. As conclusões destes artigos propõem, frequentemente, aspetos que merecem ser mais investigados ou que devem ser objeto de ação.

Os temas já abrangidos pela série de artigos incluem o crowdsourcing, a robótica e as drogas que melhoram o desempenho, a impressão 3D, as tecnologias de monitorização e o setor do comércio retalhista eletrónico.

Explore todos os documentos de debate de peritos sobre riscos emergentes