Prevenção das lesões musculoesqueléticas e dos riscos psicossociais no local de trabalho: estratégias da UE e desafios futuros

Keywords:

Um vasto conjunto de estudos aponta para o envolvimento da atividade profissional na ocorrência das lesões musculoesqueléticas (LME) relacionadas com o trabalho. Os aspetos individuais, físicos, psicológicos, sociais e relacionados com o trabalho, bem como outros fatores profissionais e não profissionais, têm um papel reconhecido nas LME relacionadas com o trabalho. Ao longo do tempo, os riscos psicossociais assumiram uma importância crescente no estudo dos fatores determinantes das lesões musculoesqueléticas.

Existem fortes indícios de que os fatores psicossociais e organizacionais aumentam o risco de LME, especialmente quando combinados com riscos físicos. Este documento de reflexão apresenta uma panorâmica da prevalência das LME na Europa e analisa o caso da Itália, onde se registou um fenómeno crescente de LME no local de trabalho.

O documento descreve, além disso, as diretivas, estratégias e políticas da UE, bem como as iniciativas europeias que visam a prevenção das LME relacionadas com o trabalho, como a campanha da EU-OSHA 2020-2022 intitulada «Locais de trabalho saudáveis: aliviar a carga». O documento conclui sublinhando a necessidade de uma abordagem integrada, holística e multidisciplinar para gerir e prevenir as LME.

Descarregar in: en