You are here

A evolução das TIC e a digitalização do trabalho

A criação de um Mercado Único Digital é uma das dez principais prioridades da Comissão Europeia.

Um projeto prospetivo da EU-OSHA está a analisar o potencial impacto da rápida evolução das tecnologias de informação e comunicação (TIC) na SST, incluindo a inteligência artificial e a robótica, bem como o seu impacto na saúde e segurança no trabalho (SST). Este projeto visa fornecer aos decisores da UE, aos governos dos Estados-Membros, aos sindicatos e aos empregadores as informações necessárias sobre as alterações nas TIC, o seu impacto na natureza e na localização do trabalho e os desafios emergentes para a SST que delas podem advir.

O projeto inclui três pacotes de trabalho:

  • O pacote de trabalho 1 visa identificar as principais tendências e fatores suscetíveis de conduzir a riscos novos e emergentes associados às TIC e às alterações na localização do trabalho.
  • Com base nas novas tendências e fatores do pacote de trabalho 1, o pacote de trabalho 2 visa desenvolver cenários possíveis e plausíveis que ilustrem o que serão os locais de trabalho em 2025, refletindo os futuros desafios em matéria de SST associados à evolução das TIC e da localização do trabalho.
  • O pacote de trabalho 3 visa promover as conclusões do projeto utilizando os cenários desenvolvidos no pacote de trabalho 2 para explorar, em conjunto com os decisores políticos, possíveis estratégias destinadas a resolver os desafios em matéria de SST identificados nos cenários.

Estas atividades deverão contribuir para garantir locais de trabalho seguros e saudáveis no futuro, em consonância com o objetivo de crescimento inteligente, sustentável e inclusivo na UE.

Os estudos de seguimento analisam aspetos e desafios importantes salientados pelo projeto.