ErgoKita: um exemplo de intervenção ergonómica no setor da educação
18/03/2020 Tipo: Estudos de casos 14 páginas

ErgoKita: um exemplo de intervenção ergonómica no setor da educação

Keywords:Campaign 2020-2022, Participação dos trabalhadores, Perturbações músculo-esqueléticas

Este documento de reflexão analisa o projeto ErgoKita, que estudou os fatores de risco das lesões musculosqueléticas (LME) em educadores de infância e os efeitos de uma intervenção. Começou com a medição do trabalho fisiológico, incidindo nas posturas incómodas como sentar e erguer objetos, e incluiu o fornecimento de equipamento ergonómico.

O mobiliário concebido para adultos e não apenas para crianças promoveu a saúde dos trabalhadores. A participação dos trabalhadores no processo de tomada de decisão favoreceu a adesão e aumentou a sensibilização, alterando o comportamento dentro e fora do local de trabalho. A abordagem ergonómica participativa foi aplicada com êxito em muitos setores, sendo a intervenção transferível a outros infantários e países.

Download in:EN

Publicações adicionais sobre este tópico