Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais
Saltar para conteúdo. Pesquisar FAQ Ajuda Quem somos

Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho

Seleccionar Língua:

Rede OSHA
Loading
Você está aqui: Entrada Grupos prioritários Jovens
Young people

Jovens

Por toda a Europa, os jovens dos 18 aos 24 anos de idade têm, pelo menos, mais 50% de probabilidades de sofrerem lesões no local de trabalho do que os trabalhadores mais experientes. Os jovens são também mais propensos a sofrer de doenças profissionais.

Os jovens são especialmente vulneráveis a acidentes de trabalho.

Por detrás das estatísticas, existem histórias que podem ser contadas na primeira pessoa. Jovens forçados a viver com as consequências de acidentes e doenças. Jovens que morrem quando ainda tinham toda a vida pela frente.

São muitos os factores que contribuem para os riscos a que estes jovens estão sujeitos. No entanto, para todos eles
existe uma solução ao nosso alcance. Quer sejamos empregadores, educadores, técnicos de saúde e segurança, decisores políticos ou jovens trabalhadores - todos temos o dever de zelar pela saúde e segurança dos jovens no trabalho.

Publicações da Agência

Por que motivo são os jovens vulneráveis?

Novos na empresa e no cargo que ocupam, os jovens carecem de experiência, pelo que podem não prestar a devida atenção aos riscos que se lhes deparam: 

  • podem não possuir ainda a maturidade física e psicológica necessária
  • podem não possuir conhecimentos e formação suficientes
  • podem não conhecer os deveres da entidade patronal e os seus próprios deveres e direitos
  • podem não se sentir confiantes para falar sempre que houver um problema.


Por seu lado, a entidade patronal pode não tomar em devida conta a vulnerabilidade dos jovens trabalhadores, embora deva garantir-lhes a formação, a supervisão e os mecanismos de salvaguarda de que necessitam, bem como atribuir-lhes tarefas adequadas às suas especificidades.


Riscos com que os jovens trabalhadores se deparam


Os riscos com que se deparam os jovens trabalhadores dependem do tipo de tarefas que desempenham. Entre os riscos mais comuns, incluem-se:
 

  • as escorregadelas e quedas
  • a utilização de equipamentos perigosos
  • a elevação de cargas
  • os trabalhos de movimentos rápidos e repetitivos
  • o trabalho em posições desconfortáveis
  • o ruído e as vibrações
  • a exposição a químicos, a radiações ou a condições extremas de calor ou frio
  • o stress
  • a violência perpetrada por clientes.
Conteúdo relacionado
Boletim Informativo gratuito

Obtenha a nossa atualização mensal sobre segurança e saúde no trabalho.

Assinar

Também poderá utilizar a nossa ferramenta de Serviço de Alerta!