Destaques
15/10/2020

A segurança nas exploração agrícolas: reduzir o risco de lesões musculoesqueléticas dos trabalhadores agrícolas

Staying safe down on the farm

A agricultura é um setor com uma das mais elevadas taxas de lesões musculoesqueléticas (LME), implicando normalmente cargas pesadas, movimentos repetitivos e posturas estáticas. Um novo documento de reflexão debruça-se sobre o exemplo da região das Marcas, na Itália, para analisar a forma como a mecanização pode reduzir os fatores de risco de LME.

Este documento e um outro sobre a avaliação dos riscos de LME nos membros superiores no setor agrícola, que será publicado ainda este ano, foram elaborados no âmbito de um acordo de investigação entre a EU-OSHA e o INAIL, o Instituto Nacional Italiano de Seguro de Acidentes de Trabalho.

Descarregue o documento de reflexão sobre Lesões musculoesqueléticas na agricultura: da identificação dos riscos à adoção de medidas preventivas 

Saiba mais sobre a atividade de investigação da EU-OSHA sobre LME relacionadas com o trabalho