Destaques
30/07/2020

Aconselhamento para empregadores sobre apoio aos trabalhadores que sofrem de doenças musculoesqueléticas

© Arpad Pinter / PIXELTASTER

Um agente de polícia, um rececionista e um podólogo, todos eles sofrendo de uma doença musculoesquelética (DME) crónica, falam sobre as suas experiências num estudo sobre o problema de saúde mais disseminado a nível mundial e que afeta os trabalhadores.

Fazem parte de uma série de estudos de caso sobre o dia a dia de pessoas que regressam ao trabalho ou continuam a trabalhar com uma MDE crónica, como dores nas costas, no pescoço, nos braços ou nas pernas. O relatório que analisa os estudos salienta que os trabalhadores qualificados que sofrem de DME devem continuar a ser considerados «ativos e não como uma fonte de problemas».

Veja o relatório integral e a síntese

Saiba mais sobre a nossa atividade de investigação sobre DME relacionadas com o trabalho

Leia os artigos da OSHwiki sobre como lidar com dores nas costas e trabalhar com uma DME