You are here

Destaques
25/01/2019

Análise exaustiva de cinco sistemas de alerta e sentinela para a identificação de novas doenças relacionadas com o trabalho

Cada artigo descreve um sistema diferente, as suas principais características, os métodos de comunicação de informações, os mecanismos para detetar novas doenças e novos riscos relacionados com o trabalho e para lançar alertas a vários níveis, os custos associados e a forma como os dados coligidos são utilizados na elaboração de estratégias e políticas de prevenção. Entrevistas com as partes interessadas destes sistemas lançam luz sobre os fatores impulsionadores e obstáculos na implementação do sistema, e sobre a forma como a abordagem de cada sistema pode ser transferida para outros países.

Os artigos baseiam-se no relatório Abordagens de alerta e sentinela eficazes para a identificação de doenças relacionadas com o trabalho na UE, que analisa em profundidade 12 diferentes abordagens, fatores impulsionadores e obstáculos e formulam recomendações para a aplicação desses sistemas. Este projeto demonstra a utilidade dos sistemas de alerta e sentinela enquanto complemento aos instrumentos já utilizados para controlar as doenças profissionais conhecidas.

Leia os 5 artigos

As apresentações sintetizam as conclusões para um público especializado e para um público não especializado

Saiba mais sobre os sistemas de alerta e sentinela